Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

10/03/10

16 Primaveras

Samantha Baker ( Molly Ringwald ) é uma rapariga normal , não é popular mas também não passa indiferente , pelos menos aos nerd's .
Samantha acorda animada , é o dia do seu 16º aniversário , pensando que ia ter uma grande recepção, desce e vê que ninguém se lembra , porque estão todos muito ocupados com os preparativos do casamento de sua irmã mais velha, que está próximo . O dia começa mal e Samantha prepara-se para mais um dia na escola , ao menos ela sabe que lá vai ver Jake Ryan (Michael Schoeffling) de quem gosta .
Mas para mal de Samantha, ele tem namorada e é popular , não dando assim grande espaço de manobra , para que ela se possa aproximar .
Samantha tem um grande problema , o nerd mais "popular" da escola não a larga , faz de tudo para lhe chamar à atenção.
Numa festa em que estão juntos , em maneira de desabafo Samantha conta-lhe como correu o dia e como foi ignorada pelos seus familiares e o nerd aproveitando-se da sua fragilidade, pede para que ela lhe dê as suas cuecas, diz ele que só quer mostrar aos amigos próximos, para pensarem que ele não é um "falhado" .

Constrangida por ver que o nerd começou a cobrar dinheiro para todos veres as suas cuecas , abandona a festa e vai para casa ,onde o seu pai e mãe lhe pedem desculpa por terem ignorado o seu aniversário e prometem compensa-la mais tarde .
Jake é o anfitrião da festa e  aproveita o facto de o nerd ser o último a estar ali, começa a fazer muitas perguntas sobre Samantha mostrando um interesse genuino .
Jake sabe que o seu namoro não é duradouro , a sua namorada é fútil e já não lhe diz nada . Começa então a reparar mais em Samantha .
No dia de casamento ,a noiva que estava muito nervosa encheu-se de calmantes e o casamento foi uma grande confusão , entre passos trocados os noivos lá foram para a lua de mel .
Quando Samantha desanimada pensa que mais nada lhe pode correr mal ... olha para o outro lado da rua e vê Jake encostado ao Ferrari à sua espera.

Samantha apaga as velas do seu bolo de aniversário e Jake beija-a ... O seu desejo concretizou-se .

 

Mais um clássico dos anos 80 proporcionado por John Hughes .Tranporta na perfeição a visão que queremos ter em relação à adolescência , romances ,comédia e uma pitada de loucura .

Poder-se-ia dizer que John Hughes morreu cedo demais, aos 59 anos, embora ele há muito tivesse deixado o trabalho no cinema.

De qualquer forma, os filmes que o seu talento tocou são eternos e aqui estou eu para o recordar .

 

Ano : 1984

Duração : 93m

Realizazor : John Hughes

Actores principais : Molly Ringwald , Michael Schoeffling e Anthony Michael Hall

 

Curiosidade : A personagem de Michael Schoeffling chama-se mesmo Nerd , em Inglês -The Geek

 

10/03/10

Corey Haim - Rest In peace

> 23 de Dezembro de 1971 - 10 de Março de 2010

 

 

" O ator norte-americano Corey Haim, que se tornou conhecido enquanto adolescente na década de 1980, morreu na madrugada de hoje, aparentemente por overdose de drogas, confirmou a polícia de Los Angeles, Califórnia."

 

 Infelizmente li esta noticia agora , custa-me sempre ver um jovem , sim , ainda era um jovem , tinha tanto para viver  e sempre batalhou para conseguir livrar-se do vicio e no mundo que o viu crescer ( Hollywood ) já só era visto como mais um toxicómano.

Vedeta infantil que não soube acompanhar a fama, era assim que era lembrado .

Desta vez as entidades competentes não se puseram com floreados e mostraram a razão real que levou Corey Haim à morte .Talvez por não ser um actor " importante " e  por não ter feito filmes que rendessem milhões, não sentiram essa necessidade .

Que fique o exemplo ...

 

Para mim tem sim importância , fez parte de filmes que gostei muito e o cinema ficou mais pobre .

 

*Rest in Peace Corey Haim ( Lost boy )

 

10/03/10

The Breakfast Club

Eles eram cinco estudantes , Andy ( Emilio Estevez) o atleta , Brian ( Anthony Michael Hall ) nerd , John ( Judd Nelson ) rebelde , Allison ( Ally Sheedy ) sádica e Claire ( Molly Ringwald ) a betinha do grupo .
Por se terem comportado mal na escola, são obrigados pelo director da escola a ficar de detenção no sábado , numa sala da escola e escrever um longo texto com mais de mil palavras sobre o que pensam de si e dos seus comportamentos perante a sociedade .
Essa tarefa foi rapidamente posta de lado e cada um arranjou o seu canto na sala , "disparando" muitas vezes provocações uns aos outros .

Quando parecia já não haver esperança de terem algum tipo de contacto " positivo " , sentam-se juntos e partilham as razões que os levam a ter as suas atitudes e todos encontram um ponto em comum , serem aceites nas suas famílias .

 

        

           

 

Saem do castigo e encontram os seus familiares à porta da escola , olham uns para os outros com a cumplicidade de quem sabe que não foi apenas um "castigo" que os aproximou .

 

Um filme de adolescentes, rebeldia e descoberta , que eu descaradamente adoro ! Ainda hoje é o tipo de filmes que mais gosto .

Não são muito complexos , cheios de drama e ficamos cansados de ver tanta desgraça . Há dias em que precisamos disso ...noutros simplesmente não .

Este filme é leve , descontraido e mesmo assim ensina-nos bastante sobre as dificuldades que é integrarmo-nos na sociedade , aquilo que os outros esperam de nós e pensamos não estar à altura para alcançar . Fica a mensagem.

Um filme dos anos 80 , pois com certeza , a melhor década de filmes intemporais.

Essencialmente a  publicidade que estes filmes antes tinham era apenas estarem disponiveis na prateleira do Videoclube e por sorte pegarmos neles ou um "posterzito" no canto a tapar a zona probida a menores ou seja muito pouca .

Ah... bons tempos !

 

Curiosidade : O roteiro do filme The Breakfast club foi escrito em apenas dois dias por John Hughes , de 4 a 5 de Julho de 1982 .

 

Ano : 1989

Duração : 93m

Realizador : John Hughes

Actores principais : Emilio Estevez, Anthony Michael Hall, Judd Nelson, Molly Ringwald, Ally Sheedy .

 

Segue-me no Facebook

Arquivo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens