Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

24/07/10

Tudo Pode Dar Certo

 


Boris Yellnikoff (Larry David), é um homem de meia idade, mas a crise temperamental é permanente, o seu estado normal é ser arrogante, mal educado, cheio de neuras e tem um humor ácido e aos olhos dos que o rodeiam, completamente desprezível.
Numa noite que se esperava calma na rodopiante cidade de Nova Iorque, Boris acorda suado, batendo electricamente com a mão no seu peito diz que vai partir desta para melhor. Antes que ele se enganasse na sua vidência, atira-se da janela sob o olhar estupefacto da sua mulher. Mais uma das suas tentativas falhadas de suicídio, não houvesse sempre um toldo que teima em o aparar nas suas quedas.

Boris além de ser hipocondríaco, sofre com a burrice alheia, o que faz o dizer repetitivamente que quase ganhou o Prémio Nobel...
Depois de mais uma separação ( para ele, nada dolorosa), Boris vai viver sozinho.
Numa noite fria, Boris a caminho da sua casa é abordado por Melodie (Evan Rachel Wood), uma jovem sem abrigo, que dizia estar faminta, e suplica a Boris que seja generoso e que a deixe ir a sua casa, para se alimentar e rapidamente seguir o seu rumo. Melodie é uma jovem de voz doce, gestos delicados, sonhadora, com uma inteligência bem abaixo da média e adora dizer frases feitas! Tudo o que Boris não suporta que as pessoas sejam e façam.
Seria de esperar que Boris apontasse para a porta da rua e escolhe-se ali o rumo de Melodie. Mas ela de certa maneira encanta-o com a sua espontaneidade e jovialidade.

Boris aceita-a em sua casa..Talvez ela tenha tudo o que ele precisa naquele momento, nem que fosse por um pequeno instante.
Melodie, de tão ingénua que é, seria a perfeita "tela em branco" para que Boris lhe pudesse incutir todas as suas convicções em relação a este mundo que peca  pela mesquinhez e mediocridade dos humanos, que acreditam que o amor cura tudo, até a falta de inteligência.
Será que a doçura de Melodie faz com que Boris acredite que ..tudo pode dar certo?! Nã, não me parece...

Tudo pode dar certo é um filme onde não pode existir dúvidas, só certezas de que estamos perante um dos melhores filmes do genial Woody Allen , em que nos mostra uma comédia refrescante e uma visão renovada sobre a maneira de como queremos ver o mundo que nos rodeia.
O seu toque está lá, nos mínimos detalhes, e usa a personagem de Larry David para ditar o que nos apetece dizer tantas vezes, mas falta-nos um Woody Allen a sussurrar aos ouvidos para nos dizer as palavras certas. É isso, Woody Allen tem o dom de usar as palavras certas!
E quem pensava que Larry David fica melhor atrás das câmaras, engane-se. Larry está perfeito no papel de Boris. É uma pessoa com uma presença marcante, não pela sua beleza (não desmerecendo), mas pela sua maneira de ser e estar, os tiques então, são únicos.
Mas devo dizer, que quem acompanha a sua série "Larry David -Curb Your Enthusiasm", uma sitcom amplamente improvisada onde ele interpreta uma versão fictícia de si próprio, não se vê muitas diferenças. Espero que saibam quem é Larry David?!
É "só" o criador de Seinfeld, o que para mim faz dele um Deus!! Vénia..
Vergonha a minha, quando só a meio do filme me apercebi que Melodie era interpretado por Evan Rachel Woods, a menina que cresceu imenso desde que a vi na série" Once and Again", deve ser bom sinal, nunca esperei muito desta actriz, confesso.
Sim, porque quando se trata de um filme de Woody Allen não faço mesmo pretensões de ver trailer, sinopse, elenco..nada!
Prefiro ir completamente ao desconhecido e desta vez não me enganei.. é de ver e rever (como eu gosto).
Conforme ia assistindo ao filme, ia-me deliciando com os diálogos directos que Boris fazia para a câmara, fazendo com que sentíssemos uma proximidade e um envolvimento (por mais que fosse cómico) com a história, e sem que nos apercebêssemos acabamos por concordar com as paranóias com que ele se debatia, por ser tão egocêntrico.
Vejam e acreditem que, Tudo pode ( e deve) dar certo

 

Ano: 2009

Duração : 92m

Realizador : Woody Allen

Actores : Larry David, Evan Rachel Wood, Ed Begley Jr , Henry Cavill , Patricia Clarkson

Segue-me no Facebook

Arquivo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens